Tecnologia R.E.A.C

Mens sana in corpore sano é uma famosa citação latina que exemplifica a importância da saúde mental.

Para termos uma boa saúde mental temos que ter uma boa neurotransmissão. A neurotransmissão é regulada por um mecanismo eletroquímico muito delicado chamado de polaridade celular. A polaridade celular apresenta uma organização assimétrica, gerando fluxos iônicos que produzem correntes e resultando no aparecimento dos campos bioelétricos endógenos. 

Esse mecanismo de polaridade celular está constantemente sob ataque dos inumeráveis fatores ambientais, como nosso estilo de vida, alimentação, toxinas ambientais e estresse agudo ou crônico. Essa influência do meio ambiente denomina-se epigenética.

 A epigenética determina com o tempo uma alteração na organização assimétrica da polaridade celular, alterando os fluxos iônicos e gerando disfunção na neurotransmissão.

A tecnologia R.E.A.C. através dos seus protocolos de neuromodulação é capaz de restaurar progressivamente a correta organização assimétrica da polaridade celular, restaurando os fluxos iônicos  e otimizando a neurotransmissão.

R.E.A.C. é uma plataforma tecnológica que possui diversos módulos de tratamento orientados para duas formas diferentes de interações biológicas:   

Protocolo O.N.P. ( Otimização Neuro Postural), O.N.P.F. (Otimização Neuro Psico Fisica ) e O.N.P.F. CB (Otimização Neuro Psico Fisica Cérvicobraquial ) são voltados para tratar o sistema nervoso central.

Protocolo O.T.B. (Otimização Tecidual Basica) são direcionados para os tecidos biológicos periféricos.

Os dispositivos com a tecnologia R.E.A.C. funcionam com a emissão no ambiente circundante de uma radio frequência de 5,8 GHz para O.N.P. e O.N.P.F. e  de 2,4 GHz para a O.T.B. com uma intensidade de 0,7 mV.

O campo radio elétrico gerado interage com o campo elétrico celular humano que é mais forte (58 – 60 mV), gerando uma corrente induzida no interior do organismo sem perturbar o equilíbrio elétrico das células.

A Tecnologia R.E.A.C. possui um dispositivo definido como sonda radio elétrica assimétrica (eletrodo com função de antena receptora) que quando posicionado em uma área especifica corporal capta a corrente própria do organismo, concentrando em um impulso de 250-500ms de duração. Essa corrente resultante tem uma característica “interna“, produzida pelo funcionamento eletroquímico das células do próprio organismo.  

Este aspecto do seu funcionamento garante uma eficácia terapêutica completamente natural e com ausência de qualquer efeito biologicamente nocivo ou colateral adverso.

O.N.P.  Otimização Neuro Postural

Este protocolo é o primeiro a ser realizado e é efetuado sobre uma área específica do pavilhão auricular direito com duração de meio segundo e é capaz de ativar de modo estável (realizado uma única vez) uma otimização do controle neuro motor, imediatamente mensurável após o procedimento através do desaparecimento da dismetria funcional. Resulta na melhoria do equilíbrio, da agilidade e da coordenação motora em indivíduos saudáveis ou em indivíduos com problemas neurológicos e neuro psiquiátricos.      

As indicações de uso dos protocolos O.N.P.F. e O.N.P.F. CB são as mesmas, com as distintas diferenças tecnocientíficas que os distinguem:                               

O.N.P.F. Otimização Neuro Psico Física

Foi projetado para lidar com a reação de alarme/estresse pela assim definida via longa em direção ao córtex cerebral (descrita pelo cientista americano Joseph Le Doux). Este protocolo consiste em 18 sessões, sendo que cada sessão é realizada em 07 pontos específicos do pavilhão auricular direito com duração aproximada de 10 segundos. Cada sessão deve ser realizada com o minimo de uma hora de intervalo entre cada sessão e não se recomenda realizar mais do que quatro sessões em um único dia. A periodicidade dos ciclos vai depender de necessidade individual de cada paciente. A O.N.P.F. é a principal terapia para otimizar todo o nosso sistema nervoso central.

O.N.P.F. CB Otimização Neuro Psico Física Cervicobraquial

Foi projetado para lidar com a reação de alarme/estresse pela assim definida via curta em direção ao córtex cerebral (descrita pelo cientista americano Joseph Le Doux), que vai diretamente à amígdala cerebral, caminho que envia mensagens mais instantâneas ao hipotálamo e ao tronco cerebral. Esta reação de alarme/estresse também resulta em um aumento da tensão muscular, detectável na região cervicobraquial, local em que por conta disso, é aplicado o tratamento O.N.P.F CB utilizando uma nova sonda laminar patenteada com o nome técnico de ACP (Asymmetric Conveyer Probe). A região cervicobraquial é especialmente favorável em proporcionar uma maior interação máquina / organismo, otimizando a informação evidenciada ao sistema nervoso central.

Este protocolo consiste em 18 sessões, sendo que cada sessão dura aproximadamente 04 minutos. O máximo de sessões por dia são 04 e o intervalo mínimo entre cada sessão é de 01 hora. A periodicidade dos ciclos vai depender da necessidade individual de cada paciente.  A O.N.P.F. CB tem uma orientação para tratar distúrbios predominantemente de origem fóbica (medo excessivo e incontrolado).

O.T.B. Otimização Tecidual Básica

Este protocolo pode ser realizado em qualquer área do corpo, determinando uma ação analgésica, anti-inflamatória e reparadora, prevenindo e tratando a lesão tecidual.