Tecnologia R.E.A.C

”Saber o que você faz em sua vida não significa saber o que sua vida está fazendo com você.” Salvatore Rinaldi

Mens sana in corpore sano é uma famosa citação latina que exemplifica a importância da saúde mental.

Para termos uma boa saúde mental temos que ter uma boa neurotransmissão. A neurotransmissão é regulada por um mecanismo eletroquímico muito delicado chamado de polaridade celular. A polaridade celular apresenta uma organização assimétrica, gerando fluxos iônicos que produzem correntes resultando no aparecimento dos campos bioelétricos endógenos. 

Esse mecanismo de polaridade celular está constantemente sob ataque dos inumeráveis fatores ambientais, como nosso estilo de vida, alimentação, toxinas ambientais e estresse agudo ou crônico. Essa influência do meio ambiente denomina-se epigenética.

 A epigenética determina com o tempo uma alteração na organização assimétrica da polaridade celular, alterando os fluxos iônicos e gerando disfunção na neurotransmissão.

Esses efeitos negativos biológicos acumulados durante a vida vão gradualmente causando estados disfuncionais que culminam no aparecimento das doenças.

O fator genético é utilizado com frequência para explicar o aparecimento das doenças, mas a expressão genética da doença só ocorre quando o meio ambiente estiver muito estressante e desfavorável ao nosso organismo. 

O estresse agudo e/ou crônico deteriora a nossa capacidade adaptativa, fazendo com que sintomas e doenças como ansiedade, tensão muscular, fadiga, insônia, medo e depressão apareçam gradualmente ao longo do tempo.

A platatorma tecnológica R.E.A.C (radio eletric asymmetric conveyer) é uma biotecnologia inovadora que permite o desenvolvimento de protocolos terapêuticos de neuromodulação e biomodulação. 

Protocolo O.N.P. ( Otimização Neuro Postural), O.N.P.F. (Otimização Neuro Psico Fisica ) e O.N.P.F. CB (Otimização Neuro Psico Fisica Cérvicobraquial) são voltados para tratar o sistema nervoso central.

Protocolo O.T.B. (Otimização Tecidual Basica) são direcionados para os tecidos biológicos periféricos.

Todos os protocolos terapêuticos que são feitos através da tecnologia R.E.A.C são indolores, não invasivos, totalmente seguros e de fácil administração. Podem ser realizados em crianças, adultos, gestantes e até mesmo em idosos portadores de marcapasso.

O.N.P.  Otimização Neuro Postural

Primeiro protocolo de neuromodulação a ser realizado, utilizado para corrigir a dismetria funcional do paciente.

O procedimento é realizado uma única vez e consiste no posicionamento do manípulo puntiforme em uma ponto específico do pavilhão auricular direito por alguns milissegundos.

Otimiza o equilíbrio, agilidade e a coordenação motora em pessoas saudáveis ou em pacientes que apresentam problemas neurológicos ou neuropsiquiátricos.

Posicionamento da sonda ACP para o tratamento NPPO CB

As indicações de uso dos protocolos O.N.P.F. e O.N.P.F. CB são as mesmas, com as distintas diferenças tecnocientíficas que os distinguem:

O.N.P.F. Otimização Neuro Psico Física

Foi projetado para lidar com a reação de alarme/estresse pela assim definida via longa em direção ao córtex cerebral (descrita pelo cientista americano Joseph Le Doux). 

O protocolo é realizado através do posicionamento do manípulo puntiforme em 7 pontos específicos no pavilhão auricular direito com duração de 10 segundos cada sessão.

Tem indicação nas seguintes patologias e sintomas: depressão, ansiedade, síndrome do pânico, distúrbios comportamentais e psiquiátricos, sintomas relacionados ao estresse agudo ou crônico, perda de memória e síndromes dolorosas.

O.N.P.F. CB Otimização Neuro Psico Física Cervicobraquial

Foi projetado para lidar com a reação de alarme/estresse pela assim definida via curta em direção ao córtex cerebral (descrita pelo cientista americano Joseph Le Doux), que vai diretamente à amígdala cerebral, caminho que envia mensagens mais instantâneas ao hipotálamo e ao tronco cerebral. Esta reação de alarme/estresse também resulta em um aumento da tensão muscular, detectável na região cervicobraquial, local em que por conta disso, é aplicado o tratamento O.N.P.F CB utilizando uma nova sonda laminar patenteada com o nome técnico de ACP (Asymmetric Conveyer Probe). A região cervicobraquial é especialmente favorável em proporcionar uma maior interação máquina / organismo, otimizando a informação evidenciada ao sistema nervoso central.

Esse protocolo possui uma especificidade maior para o tratamento de distúrbios fóbicos (medo excessivo e incontrolável).

O.T.B. Otimização Tecidual Básica

Esse protocolo pode ser realizado em qualquer área do corpo, sendo aplicado através de uma das 3 sondas patenteadas para auxiliar no tratamento de processos inflamatórios agudos ou crônicos.

Regras de aplicação dos protocolos O.N.P.F, O.N.P.F CB e O.T.B

As regras para aplicação dos ciclos terapêuticos O.N.P.F, O.N.P.F CB e O.T.B. são:

  • O número total de sessões de cada protocolo são 18;
  • Uma sessão do protocolo O.N.P.F tem duração aproximada de 10 segundos;
  • Uma sessão do protocolo O.N.P.F CB tem duração aproximada de 4 minutos;
  • Uma sessão do protocolo O.T.B. tem duração aproximada de 8 minutos.
  • O protocolo O.N.P.F não deve ser feito simultaneamente com o protocolo O.N.P.F. CB. Já o protocolo O.T.B. pode ser feito juntamente com a O.N.P.F. ou O.N.P.F CB;
  • O número máximo de sessões que podem ser feitas de cada protocolo em um único dia são 4;
  • O intervalo mínimo entre cada sessão são de 60 minutos;
  • O intervalo máximo entre cada sessão são de 14 dias.

O número de ciclos terapêuticos e a frequência variam dependendo do objetivo e do estado inicial de saúde do paciente.

As 3 sondas utilizadas para realização do protocolo O.T.B.